Segurança: saiba porque seu dinheiro fica mais protegido com Celcoin

Já falamos aqui sobre a Lei dos Arranjos de Pagamento e explicamos as principais diferenças entre instituições financeiras e instituições de pagamento, como o Celcoin. Mas, um ponto muito importante ainda ficou em aberto e não podemos esquecer de citar:

Você sabia que seu dinheiro está mais protegido no Celcoin do que em Bancos?

Pois é, essa é uma notícia que vale a pena ser dada, já que segurança é a principal dúvida de quem ainda não decidiu se deve ter uma conta digital. A pergunta que não quer calar, entretanto, é: mas como e porque estou mais protegido?

A advogada e Mestre em Direito das Relações Econômicas Internacionais, Vanessa Fialdini, responde essa pergunta de forma clara. “Da mesma forma que o Banco Central regula de forma extensiva a operação das instituições financeiras, buscou regular também a forma como as instituições de pagamento devem “cuidar” dos recursos dos portadores mantidos nas contas de pagamento”.

Além disso, “os recursos mantidos em conta de pagamento não respondem diretamente por nenhuma obrigação da instituição de pagamento, nem podem ser objeto de arresto, sequestro, busca e apreensão ou qualquer outro ato de constrição judicial em função de débitos de responsabilidade da instituição de pagamento.” Isso significa que o dinheiro dos clientes fica totalmente separado do dinheiro da empresa.

E o principal: os recursos ficam alocados em conta específica mantida no Banco Central ou aplicados em Títulos Públicos Federais de baixo risco, como ocorre no caso dos depósitos no Celcoin.

A conclusão da Dra Vanessa Fialdini é que: “Para efeitos de comparação, o percentual de recursos mantidos em conta corrente que as instituições financeiras são obrigadas a depositar no Banco Central (o chamado depósito compulsório) tem girado, nos últimos anos, em torno de 45%. Ou seja, manter recursos em cartões pré-pagos/contas digitais acaba sendo tão ou mais seguro do que mantê-los em uma conta corrente no banco. Ressalte-se, ainda, que as instituições de pagamento estão sujeitas a rígidas políticas de gestão de riscos operacionais, de liquidez e de crédito, além de serem obrigadas a manter, permanentemente, patrimônio líquido correspondente a, no mínimo, 2% da média mensal das transações de pagamento realizadas ou do saldo das moedas eletrônicas por elas emitidas, o que for maior.”.

Acho que agora ficou claro onde fica seu dinheiro quando você abre uma conta digital com a Celcoin! Está esperando o que pra fazer parte do futuro? www.celcoin.com.br

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *