compras parceladas

A inimiga do seu bolso pode ser as compras parceladas

Muita gente se acostumou a parcelar as compras ao invés de pagá-las à vista devido à ótimas condições de juros. Segundo dados de pesquisa, 36% das transações realizadas com o cartão de crédito são parcelamentos, representando aproximadamente 7% da renda dessas pessoas.

 

Esse tipo de pagamento, quando visto separadamente, parece inofensivo, especialmente quando as promessas são de até 10x sem juros. Entretanto, quando muitas compras parceladas vão se acumulando, esses gastos começam a pesar no orçamento e as consequências podem ser terríveis.

 

Compras parceladas nos tiram a percepção dos gastos

 

Da mesma forma que utilizar o cartão de crédito para toda a compra, compras parceladas acabam com nossa percepção de quanto dinheiro está indo embora. Quando não vemos esse gasto aparecendo de uma só vez, parece que estamos economizando enquanto, na verdade, uma dívida está sendo formada.

 

Compras sem juros podem ser enganosas

 

Se você resolve comprar parcelado apenas quando as ofertas são sem juros, você também está correndo o risco de gastar mais do que devia. Isso porque, muitas vezes, os juros já estão embutidos no preço original do item. Quando isso acontece, normalmente a compra a vista oferece descontos e vantagens que compensam os juros que “não existem” nas compras parceladas.

 

Compras parceladas exigem controle

 

Se você fez uma compra parcelada, na maioria das vezes o valor mensal será descontado da sua conta automaticamente. Isso significa que você precisa ter fundos na conta para que não gaste do cheque especial. Ou seja, seu controle financeiro precisará ser muito maior, e em casos de imprevistos, será preciso ter uma renda guardada para cobrir a parcela e outros gastos.

 

Por todos esses motivos, sempre que possível, faça o pagamento à vista. Se não puder pagar à vista e a compra for sem juros, pense bem se o que pretende comprar é realmente necessário e se poderá pagar junto com outros gastos mensais. E com esses pequenos passos que começamos a organizar os gastos, economizar e guardar dinheiro para motivações maiores.

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *