cheque especial

Como funciona o cheque especial e quais os cuidados para não criar dívidas

A grande maioria dos bancos oferecem o cheque especial às pessoas que abrem uma conta corrente, com variações para cada necessidade. Essa linha de crédito muitas vezes ignorada pode ser a salvação para momentos de urgência ou seu pior inimigo.

Como funciona o cheque especial?

O cheque especial é uma linha de crédito pré-aprovada oferecida pelos bancos diretamente no saldo da conta corrente. Quando o saldo da conta acaba, o cliente entra no cheque especial, valor que será quitado quando o dinheiro novamente entrar na conta.

O erro das pessoas que ignoram o cheque especial, quando a conta entra no negativo, é não dar atenção aos juros que envolvem esse benefício. O cheque especial funciona como um empréstimo sem garantia, por isso pode ter altos custos para seu bolso.

Alguns bancos oferecem opções como a isenção da taxa de juros por um determinado período ou o pagamento de juros apenas se o gasto passar do limite do cheque especial. Entretanto, mesmo nesses casos, o imposto sobre operações financeiras (IOF) ainda é cobrado do cliente por utilizar o benefício.

Quais cuidados tomar com o cheque especial?

Para não cair em ciladas e se afundar em dívidas por conta do cheque especial, é preciso se atentar a alguns cuidados. O primeiro deles é checar as taxas de juros do banco para cheque especial antes de abrir uma conta corrente. Opte por contas com um cheque especial adequado à suas necessidades e urgências para não utilizar para além do que pode pagar.

Quando for tirar o extrato do saldo de sua conta, preste atenção para a discriminação dos valores. Muitos bancos apresentam o saldo líquido da conta junto com o cheque especial, dando a falsa impressão de que todo aquele dinheiro é seu. Fique de olho em sua conta corrente e sempre acompanhe as operações que realiza para ter consciência do dinheiro que possui.

Uma boa forma de acompanhar as operações bancárias e seu saldo é cadastrando a conta junto a aplicativos que encaminham mensagens para o celular sempre que uma transação for realizada.

O cheque especial não faz parte de sua renda, então não o considere dessa forma. Utilize o valor apenas em casos de urgência. Quando este for o caso, fique atento às datas das cobranças de juros pelo banco para não criar dívida com o cartão.

Abaixo estão os valores das taxas de juros do cheque especial cobradas pelos 5 principais bancos do país:

Taxa de juros*
% a.m.% a.a.
Cheque especial Banco do Brasil12,48310,24
Cheque especial Bradesco12,25300,17
Cheque especial Caixa12,36304,90
Cheque especial Itaú12,60315,59
Cheque especial Santander14,79423,19
*Valores referentes ao último período registrado: 04/09/2017 a 11/09/2017

Com esses cuidados, o cheque especial pode ser utilizado de forma inteligente e segura como auxiliar de sua vida financeira.

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *