promessas de ano novo

A realidade das suas promessas de ano novo

Elas não são realistas.

Pouca coisa do nosso futuro é realista, a única coisa que temos certeza é que não viveremos para sempre. O que é realista mesmo é só aquilo que a gente faz. Se todo final de ano você escreve ou mentaliza uma listinha de objetivos que nunca são cumpridos, quer dizer que nada daquilo corresponde às suas ações.

A euforia de começar um novo ciclo é genuína e pode ser um grande impulso para que novas coisas aconteçam em sua vida. O importante é mentalizar desde já que nenhuma dessas coisas vão cair do céu, que muitas delas exigirão um trabalho árduo e que tudo isso depende do que você faz, e não apenas das suas intenções.

Emagrecer, economizar dinheiro, ser mais paciente, reclamar menos, viajar mais, cuidar da saúde, conseguir um emprego… Essas e outras promessas de ano novo são muito abrangentes e envolvem diversas etapas anteriores para que se tornem realidade. Por isso, aqui vão quatro metas que realmente podem dar certo para conseguir alcançar seus objetivos no próximo ano.

Planejar menos, agir mais

De nada adianta ficar planejando por anos aquela viagem para o nordeste e nunca se dar ao trabalho de torná-la possível. Planejar é importante sim, mas só se vier seguido de uma ação. Todo plano já vem seguido de diversas ações, uma depois da outra, para fazer algo existir. No ano que está vindo, procure agir mais a favor dos seus objetivos e remoer menos suas vontades.

Não desistir no primeiro desafio

Eles com certeza vão existir. Desafio a gente encontra em todo o canto, em todo momento. Isso não significa que seu objetivo se tornou impossível ou que você nunca vai chegar lá. Só significa que, quando chegar, o gosto da conquista será ainda mais maravilhoso.

Suar a camisa

Para fazer qualquer coisa acontecer, você precisa dar a sua vida à isso. Sim, é preciso investir tempo, força de vontade, foco. Poucas coisas vão ser fáceis, poucas coisas vão aparecer como oportunidades mágicas. Você precisa criar suas oportunidades e isso vai exigir muito trabalho. Coloque isso em mente.

Aceitar as mudanças

Não se prenda àquilo que você planejou no final do ano. Aceite que mudanças podem aparecer, seus objetivos e desejos podem se transformar. Cada pessoa é um ser provisório, em constante mutação. Atualize suas necessidades e os passos para alcançá-las todos os dias e corra atrás de ser a pessoa que você deseja ser, sempre.

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *