vida financeira

Como foi sua vida financeira em 2017?

Se a resposta para essa pergunta logo te causa um pouco de náusea, alguma coisa certamente está errada. O ano de 2017 foi turbulento, acompanhado por uma crise econômica que arrebatou diversos setores do mercado e, consequentemente, nossos bolsos.

Por esses e outros motivos, é ainda mais importante olhar para trás e ver o que poderia ter sido diferente. Organizar sua vida financeira para não gastar mais do que se ganha é um desafio e a parte mais difícil é começar. Um jeito de te impulsionar à isso é olhar para os gastos do ano todo e notar o quanto você fugiu do orçamento disponível, quantas coisas foram desnecessárias ou poderiam ter sido melhor planejadas.

Não ter a menor ideia do quanto se gasta é um dos principais motivos para continuar gastando. Como já falamos aqui diversas vezes, o primeiro passo para um planejamento financeiro que funciona é ganhar consciência de suas ações hoje, para só então fazer diferente.

Para começar a colocar sua vida financeira nos trilhos e abrir o ano de 2018 com cuidado, para por algumas horas e vamos dar uma olhada no seu 2017.

Calcule seus gastos fixos anuais

Aluguel, contas de energia, internet, condomínio, gás, academia, gasolina, TV, IPVA, IPTU. Reúna todos os seus gastos fixos, um por um, e faça uma estimativa de quanto eles representam no total de um ano. O melhor jeito de fazer isso é tirando uma média dos gastos que variaram pouco durante o ano, como a luz, por exemplo, para não precisar olhar em todas as faturas. Mas, se tiver tempo, prefira reunir tudo e colocar na ponta do lápis.

Veja seus extratos do cartão de crédito

A magia de ter o internet banking e outros aplicativos de consulta de saldo é poder visualizar o extrato de seu cartão de crédito quando quiser. Volte para os extratos do seu cartão de todos os meses do ano e veja quais foram os gastos. Reflita verdadeiramente sobre o que realmente valeu a pena e o que foi apenas uma compra por impulso, por exemplo. Por fim, calcule todos os pagamentos de faturas do cartão de crédito do ano.

Calcule o quanto você ganhou no ano

Se você tem carteira assinada com um salário fixo, isso será ainda mais fácil. Calcule todos os seus ganhos do ano, junto com décimo terceiro e outros benefícios que foram para a sua conta de forma líquida. Essa parte é a mais feliz de toda, porque muitas vezes não temos noção do quanto recebemos.

Depois de ter tudo isso anotado, compare seus gastos com seu lucro anual e veja qual o resultado. Está sobrando muito dinheiro? Para onde ele foi? Está faltando? Onde foram criadas essas dívidas? Quando sobra, é hora de repensar suas ações durante o ano e entender como esse dinheiro que poderia estar em uma poupança foi gasto, se você deveria debitar menos durante o ano ou economizar com coisas pequenas da rotina.

Quando falta, o cenário é ainda mais alarmante. Suas dívidas devem estar em algum lugar e você provavelmente já sabe disso. Será que o cartão de crédito é o que extrapola? Ou será que existem muitos gastos fixos desnecessários na sua conta?

Nossa vida financeira é um caminhão de dificuldades e frustrações, mas isso vem acompanhado de muita superação e conquistas de dar gosto. Para tornar as conquistas em maior número, é preciso dar atenção para essa parte de sua vida, e a melhor hora de começar a fazer isso é agora.

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *