como poupar dinheiro

Como poupar dinheiro em sua viagem de férias

Se você seguiu direitinho as dicas que passamos durante todo o ano no blog, como essas aqui e aqui, conseguiu poupar dinheiro todo mês e está pronto para relaxar em uma viagem de férias sem muita preocupação. Mas o cuidado não para por aí.

De nada adianta poupar dinheiro para viajar e gastar ele todo no primeiro dia fora de sua cidade. Um bom planejamento é fundamental para ter a viagem que você estava precisando sem comprometer demais sua renda ou criar dívidas.

É importante lembrar que essa reserva precisa ser calculada de acordo com:

  • A renda mensal da família;
  • As dívidas já existentes (contas devem ser pagas antes de qualquer investimento);
  • As necessidades imediatas que têm que ser respeitadas;
  • A reserva de emergência da família, que serve como um colchão de segurança e deve ser bem separada de qualquer outro investimento.

Para garantir segurança financeira e satisfação para toda família durante a viagem, o primeiro passo, como sempre, é planejar. Alguns cuidados vão te ajudar em todo esse processo, como os que apresentamos abaixo.

Garanta os melhores preços

Para garantir melhores preços e descontos para o destino que quer ir é preciso se adiantar na compra das passagens e comparar valores com outros destinos que tenham a mesma proposta e sejam mais em conta.

Se conseguir, pegar férias fora de temporada é uma ótima alternativa. Além dos locais estarem mais calmos, os preços caem bastante. Prefira os períodos de março a junho e de setembro a novembro. Para quem tem filhos, o início de dezembro costuma ser mais em conta e não atrapalha nas aulas.

Não gaste com deslocamentos

Procurar destinos em que você e todos que viajarem juntos possam se deslocar facilmente ajuda muito no bolso. Sem precisar gastar fortunas com carros alugados, Uber ou outro transporte alternativo, você pode aproveitar o dinheiro para outros passeios que valem a pena.

Escolha hospedagens com inteligência

Se o período de férias for para toda a família, a melhor alternativa são os hotéis e pousadas que oferecem algum tipo de benefício, como algum desconto em passeios, alimentação ou acrescentam um dia a mais de hospedagem gratuito.

Outra opção é o aluguel de casas pelo Airbnb. A conta sai mais barata se dividida por mais pessoas e você ainda pode encontrar uma casa melhor localizada, com tudo o que você precisa já dentro dela.

Não exagere na alimentação

A alimentação é um dos gastos que mais pesam durante viagens. Isso porque, os restaurantes e locais de lanche indicados para turistas são sempre mais caros. Para fugir disso, prefira sempre as refeições no local onde ficar hospedado, especialmente no caso de aluguel de uma casa.

Se isso não for possível, pesquise os melhores locais pedindo dicas a moradores do local. Assim como você conhece aquele restaurante gostoso e meio escondido do seu bairro que tem um prato por R$10, as pessoas nativas tem indicações melhores para te passar do que as agências de turismo.

Aproveite o que o destino te oferece gratuitamente

Aproveitar atrações gratuitas, visitas a museus, locais históricos, teatros, circos, parques e outras opções do seu destino é uma delícia e vale a pena no final das contas. Faça uma pesquisa prévia dos lugares que for visitar e prepare seu roteiro.

Em geral, o importante é ter consciência de cada gasto durante a viagem, sem se deslumbrar com tudo o que vê e sair criando dívidas para o seu ano. Considere cada opção com calma e aproveite todos os dias da melhor forma possível para voltar com todo o gás!

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *