sonho da casa própria

4 passos para realizar o sonho da casa própria neste ano

Com o aumento gradual no preço dos imóveis nos últimos anos, pagar uma casa à vista ficou muito mais difícil e isso desanima muitos brasileiros a realizarem seu sonho da casa própria. O jeito mais viável de conseguir chegar lá é por meio de um financiamento, mas alguns pontos precisam ser bem planejados antes de tomar essa atitude.

Se informando bem sobre o assunto, entendendo todos os processos de um consórcio, empréstimo ou financiamento e se organizando com disciplina é possível sim realizar seu sonho da casa própria ainda esse ano. Vem ver os passos para tornar isso possível.

Avalie sua situação financeira

Você já tem um dinheirinho guardado com o objetivo de comprar um imóvel ou está começando a se preparar agora? O primeiro passo para comprar uma casa é saber o quanto você poderá gastar, fazendo um controle prévio da quantia que será destinada mensalmente ao investimento sem sacrificar todos os seus ganhos.

Depois de determinar um valor aproximado, você precisa saber onde conseguir um financiamento, empréstimo ou consórcio que facilita a aprovação de crédito e tenha taxas mais em conta. Faça ao menos três simulações em instituições diferentes para conhecer as vantagens e desvantagens de cada uma e comparar os resultados.

Se informe sobre suas opções

Se você optar por um empréstimo, tenha em mente que as taxas de juros provavelmente serão mais altas, pois há um risco maior já que a análise de crédito é bem menos rigorosa que em um financiamento. Se por um lado, o processo é simplificado, por outro o valor a ser pago no final pode não compensar.

O financiamento já é uma linha de crédito destinada a aquisição de algo em específico. Ao contrário dos empréstimos, os financiamentos são indicados para casos em que se necessita de um montante maior e um prazo de pagamento mais extenso. O fim que o dinheiro terá deve estar expresso e justificado já na hora de assinar o contrato. O processo de análise de crédito é mais detalhado e exige mais paciência, mas pode valer mais a pena no final.

Outra opção para realizar o sonho da casa própria são os consórcios. Eles podem ser usados por pessoas com orçamentos bem variados e são mais simples do que muitos acreditam. O consórcio se resume a um grupo de pessoas, físicas ou jurídicas, que pagam todo mês uma quantia. Mensalmente, ocorrem assembleias em que são feitos sorteios para contemplar alguns participantes com uma carta de crédito. Também há a possibilidade de ter acesso a esse crédito com o encerramento do grupo ou ao dar lances para obter o benefício. Em comparação aos juros de empréstimo e financiamento, o consórcio tende a pesar bem menos no bolso.

Escolha a instituição que se adequa às suas necessidades

Já decidiu como vai conseguir o dinheiro para realizar seu sonho? Agora busque pela instituição que atende o que for importante para você, como: valor do imóvel, número de prestações, valor de entrada, taxas, etc. Lembre-se que independente da escolha, você precisará comprovar que tem condições de arcar com as parcelas.

Em caso de financiamento, normalmente os bancos não aprovam caso o valor das prestações seja maior do que 30% da sua renda. Reúna todas as informações de cada grupo para ver qual é o mais adequado para suas condições.

Defina metas de orçamento e mantenha a disciplina

Definido quanto o imóvel custa e como será o pagamento, você vai precisar ter em mente suas metas de orçamento. Essas metas serão os objetivos de economia e geração de renda necessários para você conseguir alcançar o sonho da casa própria com o passar dos meses.

Você precisa encontrar uma fonte de renda extra? Precisa poupar um pouco todo mês? Precisa economizar em custos na rotina? Todos esses valores mensais ajudarão a quitar a casa, seja em forma de montante para o pagamento à vista ou em forma de prestação do financiamento. As metas também são importantes porque te ajudam a aumentar a motivação e o foco, criando objetivos reais para você visualizar sua vida longe do aluguel lá para frente.

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *