projeto pessoal

5 práticas para não desistir de seu projeto pessoal

Você já deve ter notado o quanto é muito mais difícil ter disciplina para realizar um projeto pessoal do que para cumprir uma tarefa dada por outra pessoa. Nós tendemos a ter mais compromisso com os projetos dos outros do que com aquilo que realmente sonhamos em fazer.

Pode ser por conta de prazos bem definidos, para não perdermos o emprego ou a confiança de outras pessoas ou porque as tarefas já se tornaram uma rotina tão frequente que ficaram automáticas. Somos movidos por ordens, por datas, pelo medo de não deixarmos outra pessoa na mão e perdermos nosso ganha pão.

Mas e quando estamos falando sobre algo que realmente acreditamos, porque isso não vai para frente? Por que não conseguimos fazer nossos próprios prazos e objetivos? Por que não podemos ser nós o nosso maior compromisso?

Desde pequenos recebemos comandos e executamos ordens que nos levam da escola para o ensino médio, para a faculdade e para o trabalho fixo em uma empresa. Não somos ensinados a ser autônomos, a fazermos acontecer. Por isso, aqui vão algumas práticas que podem te ajudar a não desistir de seu projeto pessoal.

1. Seja movido por um propósito

A primeira coisa que nos impulsiona a tomar qualquer ação por conta própria é um propósito. É esse mesmo propósito que, quando forte, nos mantém firmes até o final. Vá lá no fundo do seu projeto e defina qual é esse propósito para você: ajudar pessoas com problemas parecidos com o seu, criar uma comunidade, criar sua melhor obra. Seja o que for, na dúvida, lembre-se do propósito.

2. Compartilhe suas ideias com uma comunidade

Uma das melhores maneiras de se manter firme em um projeto pessoal é tendo outras pessoas para conversar sobre ele. Neste caso, seguimos um pouco a lógica de trabalhar para outras pessoas: ao compartilharmos nossos objetivos com amigos, familiares ou outros profissionais, seremos lembrados e cobrados por aquilo. Isso pode ser um impulso ótimo para continuar fazendo o que queremos e para encontrarmos cada vez mais pessoas interessadas na mesma coisa.

3. Defina etapas até chegar lá

Qual é o passo a passo, destrinchado mesmo, de tudo o que você precisa fazer para chegar no seu objetivo com o projeto? Liste todas as suas tarefas, uma a uma, das maiores até as menores. Algumas podem parecer muito distantes no momento, mas lembre-se sempre das anteriores e comece por onde puder. Se precisa investir no seu projeto e não tem dinheiro, por exemplo, a primeira delas pode ser ganhar uma renda extra. Como fazer isso? Passo a passo, uma coisa de cada vez.

4. Crie um cronograma com datas fixas

Aqui está uma das práticas mais importantes de todas: definir prazos. Nós funcionamos o tempo todo com prazos, é por isso que dividimos nossa vida no tempo, em dias, anos, horas, minutos. Defina datas limites para cada uma das etapas listadas anteriormente e cumpra com essas datas.

5. Tenha compromisso com você!

De nada adianta passar por tudo isso e não ter compromisso com suas vontades e seu propósito, não acreditar nas possibilidades de sua ideia. É preciso se manter firme e na luta, um dia após o outro. Se algum prazo não for cumprido, não desista. Reorganize seu cronograma e persista sempre pelo seu ideal.

Você é 100% responsável pelos projetos que você quer colocar no mundo. Então mãos na massa!

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *