superar desafios

Como superar desafios: se prepare para a imprevisibilidade da vida

Mesmo com todos os planos do mundo, toda a preparação mental, todo o treino e controle, a vida é uma grande caixinha de surpresas. Nada é mais saudável do que aceitar essas imprevisibilidades e agir com calma no momento em que os desafios surgirem.

Nossa mente costuma trabalhar sempre em função de termos certeza, de assumir o controle das situações, de planejarmos todos os passos desde a nossa infância até a vida adulta. O erro está justamente em não nos prepararmos para superar desafios inevitáveis nesse percurso.

Pode ser uma doença, uma crise que leva sua empresa a falência, um problema no relacionamento, uma desaprovação em concursos. A cada falha de nossas vidas, caímos no abismo da culpa, da incompreensão e da falta de tato com nós mesmos. Pouco do cuidado que temos com o outro se repete da mesma forma quando se trata de nós.

Esse comportamento acaba se refletindo também no trabalho e em como mantemos nossa vida financeira. É nesse contexto todo que o conceito de resiliência se encaixa tão bem: a facilidade de se adaptar ao imprevisível.

Como superar desafios com resiliência

Resiliência é um termo vindo da física para explicar a capacidade dos corpos de retornarem à forma original depois de terem sido submetidos a uma deformação elástica. Na psicologia, a palavra se refere à essa mesma capacidade de adaptação, mas dessa vez à ocasiões inesperadas, mudanças e desafios da vida.

Pessoas resilientes são aquelas que sabem que não vai dar tudo certo e, por isso, conseguem reagir melhor aos impasses do caminho. Para além do termo, a resiliência é sobre ser flexível mentalmente e emocionalmente, sobre utilizar a calma e a lógica para resolver situações e aprender com cada nova experiência.

E qual o melhor jeito de superar desafios se não prevendo que eles irão acontecer e agindo pacientemente quando chegarem? Essa prática é extremamente saudável para todas as áreas da vida.

Comece a praticar a resiliência hoje

Um bom jeito de começar a praticar esse comportamento é parando por alguns minutos para refletir sobre os problemas que estão hoje na sua mente. Eles são tangíveis? Se tratam de resolver algo físico ou é mais abstrato? Se for físico, quais recursos seriam necessários para isso? É tão difícil quanto parece conseguí-los? Já não houve alguma situação parecida em que você teve que fazer isso?

Se forem abstratos, qual o impacto que eles causam em você só de relembrar a situação? Como esse impacto se reflete em suas ações? Qual a verdadeira origem desse impacto? Ele seria realmente relevante visto em perspectiva, daqui há um ou dois anos? Como suavizar essa força negativa hoje?

Pensar com calma sobre cada situação é o melhor jeito de usar mais da ação consciente do que do planejamento. Resolver o agora é mais importante do que passar horas pensando no depois.

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *