design thinking

Design thinking: o que essa metodologia pode fazer por seu negócio?

O design thinking é um processo iterativo, centrado no ser humano, para entender o usuário, desafiar suposições e redefinir problemas. Ela é composta de cinco fases principais: empatia, definição, ideação, protótipo e teste.

Entre as principais vantagens do uso da metodologia de design thinking nos negócios estão:

  • O design thinking foca em problemas
  • Esta metodologia resolve os problemas reais
  • Permite a interação entre grupos diversificados
  • Promove a empatia e compreensão de usuários
  • Testa suas ideias antes de implementá-las

Enquanto mais e mais organizações estão reconhecendo o poder desse método, naturalmente levanta a questão: como você pode introduzir melhor essa mentalidade em um novo ambiente? Aqui estão algumas maneiras de defender o design thinking em sua empresa:

1. Comece pequeno

Design thinking não é algo que você pode incorporar magicamente em sua empresa em uma tarde. Levará tempo para primeiro ensinar os outros sobre a mentalidade e depois praticar a execução de cada uma das cinco fases.

Então comece pequeno. Crie pequenas experiências que permitam que sua equipe pratique a coleta de dados, teste com frequência e faça iterações rapidamente. Talvez você reserve algum tempo a cada semana para trabalhar nessas habilidades, ou comece com uma pequena parte do seu negócio e cresça com o tempo.

2. Identifique os primeiros adotantes

Tal como acontece com a introdução de qualquer novo processo ou habilidade, sempre haverá pessoas que naturalmente se destacam desde o início. Algumas pessoas podem ter experiência anterior com design thinking ou são especialmente motivadas a dedicar tempo para aprender.

Certifique-se de aproveitar esses primeiros adotantes para criar uma rede de apoiadores. Esses funcionários podem atuar como evangelistas para o design thinking, promovendo o conceito em reuniões e projetos entre departamentos e também ajudando a treinar outros funcionários ao longo do caminho.

3. Evite separações por departamento ou equipe

O design thinking é multidisciplinar e co-criativo. Funciona melhor quando inclui pessoas que trazem diferentes perspectivas e conhecimentos para a mesa.

Independentemente de você estar realizando um workshop para ensinar sua organização sobre o design thinking ou começar com um projeto pequeno para obter experiência prática, certifique-se de que seus grupos de design incluam pessoas de vários departamentos e disciplinas.

4. Entenda que o design thinking é um processo fluido

O design thinking não é linear. As cinco fases não precisam seguir uma ordem específica e podem ocorrer paralelamente. Ao introduzir o design thinking nos estágios iniciais, não tente aplicar o processo de ponta a ponta, da empatia ao teste, a todos os problemas.

Certifique-se de que o design thinking seja aplicado de uma forma que faça mais sentido para o seu problema. Por exemplo, você pode começar com o teste e descobrir se ele cria novas ideias para o seu projeto.

5. Identifique como você medirá o sucesso

Como você medirá e comunicará o sucesso do design thinking? Quando você estiver gastando muito tempo e esforço para apresentar o processo à sua equipe, verifique se você tem uma maneira de acompanhar o progresso. Você pode acompanhar o número de projetos que aplicam o design thinking. Ou pode medir o impacto que o design thinking tem na satisfação dos funcionários ao longo do tempo com pesquisas.

Impulsione a inovação com design thinking

Assim como com qualquer alteração, levará algum tempo para incorporar totalmente o design thinking à sua organização. Você terá que testar novas maneiras de engajar e motivar seus colegas de equipe e repetir conforme o tempo passa. Mas com benefícios como o aumento da eficiência, inovação, velocidade e qualidade de serviços ou produtos, tudo isso vai valer a pena.

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *