vendas no cartão de crédito

Vale a pena realizar vendas no cartão de crédito?

Uma das decisões básicas a tomar quando se inicia um negócio é se você vai conceder crédito a fornecedores e consumidores, o que pode afetar o fluxo de caixa e o lucro.

Realizar vendas no cartão de crédito pode parecer uma boa ideia a princípio, mas precisa passar por algumas análises antes de ser implementada em seu negócio. Fatores a considerar ao desenvolver uma política de crédito incluem:

O efeito na receita de vendas

O crédito é conveniente e provavelmente ganhará clientes, mas a receita de vendas será atrasada tanto para o período de desconto quanto para o período de crédito, ou talvez mais se o cliente estiver atrasado no pagamento. A vantagem é que você pode aumentar seus preços.

O efeito no custo de mercadorias vendidas

Quando você estende crédito, seu negócio deve ter fluxo de caixa suficiente para compensar o pagamento atrasado, e você também perde qualquer receita de juros que você possa ter ganhado com esse dinheiro.

Não diminua a probabilidade de dívidas incobráveis

Com as vendas a crédito, existe a possibilidade de dívidas incobráveis. Isto é, dívidas que você, como proprietário de uma empresa, nunca cobrará. Você tem que decidir se isso vale potencialmente para ter mais clientes e maiores vendas.

Trabalhando com dívidas

Se você decidir oferecer crédito, provavelmente terá que assumir dívidas para financiar suas contas a receber e manter uma boa base de capital de giro. A contabilização do custo do empréstimo a curto prazo também deve ser parte de sua decisão de oferecer crédito.

Vender no crédito é uma grande vantagem em termos de conquistar novos clientes. Entretanto, antes de dar um pulo no escuro, analise sua contabilidade e estude se a gestão financeira de seu negócio continuará valendo a pena.

 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *