5 dicas de gestão para novos empreendedores

Dar o primeiro passo para empreender é sempre desafiador. Isso porque muitos empreendedores focam apenas na ideia do que querem empreender, mas esquecem de fazer um bom planejamento para que o novo negócio realmente vá para frente. Por conta disso, dados do Sebrae indicam que 1 a cada 4 empresas fecha antes de completar 2 anos no mercado. Mas, para que isso não aconteça com o seu negócio, separamos 5 dicas importantes para você seguir antes de começar a empreender:

Conheça muito bem os seus clientes

O objetivo geral de toda empresa é lucrar sempre mais, mas pode ser difícil alcançar esta meta se você não conhece o seu cliente. Com informações completas sobre os seus consumidores, é possível criar produtos e serviços personalizados, conquistar e fidelizar o seu público e garantir que o sucesso chegue mais rapidamente. Mas para isso acontecer, não basta saber o tamanho do seu público ou sua preferência. É importante ter dados completos sobre os seus clientes, como: seus hábitos de consumo, rotinas, comportamento, interesses e toda informação complementar que te ajude a conhece-lo melhor e transformá-lo em um cliente fiel.  

Saia da informalidade

Procurando fugir dos impostos, muitos empresários começam suas atividades no mercado informal. Pode parecer uma ideia atrativa no começo, mas a falta de formalização pode atrapalhar o crescimento do novo negócio. Trabalhando no mercado informal, novos empreendedores não têm um CNPJ para a empresa, o que impede a realização de etapas importantes para qualquer empreendimento, como: a emissão de notas fiscais, a criação de uma conta bancária como pessoa jurídica, a obtenção de máquinas de cartão de crédito ou mesmo a solicitação de empréstimos públicos. Por isso, deixar o mercado informal é um passo primordial para a garantia do sucesso!

Organize sua vida financeira

Um dos problemas que afeta as novas empresas é a falta de gerenciamento das finanças, deixando muitos proprietários mergulhados em dúvidas e desorganização. Para isso não acontecer, é necessário trabalhar bem o fluxo de caixa, começando pela organização de lucros e despesas em planilhas simples. Outra opção para quem deseja organizar melhor as finanças, são os softwares de gestão que auxiliam no controle financeiro, informando o que vai vencer, quanto dinheiro irá sair do seu caixa e quanto deverá entrar. Organizando as finanças, os novos empresários têm controle sobre a circulação monetária e podem planejar o crescimento saudável da empresa.

Gerencie seu estoque

Ter controle de estoque é essencial para qualquer negócio, seja ele físico ou virtual. Isso porque todo empreendedor deve ter em mente que os produtos vendidos precisam ser entregues, já que o cliente está esperando e pode reclamar publicamente da sua empresa pela falta de compromisso! Por isso, é necessário sempre saber e controlar a quantidade de cada item disponível em estoque – ainda mais se as suas mercadorias tiverem um prazo de validade curto. Gerenciando o estoque, o empresário controla melhor as vendas e pode deixar seus clientes mais satisfeitos com o comprometimento do negócio e a credibilidade no mercado.

Utilize estratégias de comunicação

Muita gente ainda acredita que estratégias de comunicação mais elaboradas devem ser trabalhadas apenas em grandes empresas e mercados. Mas isso está errado, pois microempreendedores e pequenos negócios precisam cuidar das estratégias de comunicação como qualquer outro empreendimento se quiserem conquistar o público, gerar confiança e fidelidade e garantir lucros e sucessos de venda. Uma dica é começar pelas redes sociais – já que as pessoas estão conectadas praticamente o tempo todo; e investir em e-mails com novidades e promoções para manter seus clientes atualizados. O importante é investir e encontrar a melhor estratégia de comunicação para o seu empreendimento.

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *