Como sair do vermelho? 10 dicas para você sair das dívidas

Hoje em dia, é comum as pessoas realizarem empréstimos seja para investir na vida profissional ou para conquistar algo pessoal. O problema surge quando você começa a se enrolar. E aquele dinheiro que seria uma ajuda acaba se tornando uma grande dívida. Se você passa por isso, confira as dicas a seguir para você sair do vermelho! 

Anote todos os gastos 

O primeiro passo para ter controle sobre as finanças e sair do vermelho é anotar todos os gastos. Assim, você consegue enxergar exatamente para onde seu dinheiro está indo. Além disso, com tudo no papel, você se organiza melhor. E assim, não se perde em meio aos diversos pagamentos que precisam ser realizados.  

Crie metas 

Sair do vermelho vai ficar mais fácil quando você começar a criar metas. Isso porque, quanto você define um objetivo, estabelece prioridades e ainda pode dar um passo de cada vez. Dessa maneira, você consegue se controlar melhor na hora de gastar, pois sabe que, primeiro, precisa quitar as contas.  

Organize seu orçamento 

Além de anotar os gastos, você precisa anotar também todo o dinheiro que recebe. Ou seja, todas as entradas e saídas mensais. Para isso, você pode utilizar um caderno mesmo, uma planilha no computador ou um aplicativo. O importante é que para sair do vermelho você precisa visualizar seu orçamento.  

Fale com sua família 

Outro passo importante para sair do vermelho é conversar com a família. Dessa forma, todos podem ter maior noção sobre as contas da casa e a situação financeira que enfrentam. Assim, cada membro pode contribuir com ideias sobre como solucionar os problemas.  

Corte gastos desnecessários  

Quem está endividado precisa cortar os gastos desnecessários. Lembre-se que o objetivo é sair do vermelho e gastos supérfluos, mesmo que pequenos, podem atrapalhar. Pense no estilo de vida que a sua família leva e o que é possível cortar.  

Busque uma renda extra  

Muitas vezes, só cortar os gastos pode não ser o suficiente para você sair do vermelho. Isso significa que você pode precisar de uma renda extra. Você pode acrescentar novos serviços ao seu estabelecimento, vender itens que não utiliza, fazer bicos etc. O importante é descobrir alguma atividade que você sabe realizar e que pode te trazer o dinheiro que falta.  

Negocie 

Depois de analisar seus gastos, reduzir custos e conseguir uma renda extra, você precisa conversar com os credores. Afinal, com o dinheiro na mão fica mais fácil negociar a dívida e conseguir descontos. Por isso, para sair do vermelho, mostre para o seu credor que você conseguirá pagar estas contas.   

Priorize as dívidas com maiores juros 

Se você possui mais de uma dívida, você precisa ordená-las e priorizar aquelas que podem te enrolar mais. Ou seja: as contas com maiores juros. Estas dívidas podem se tornar uma bola de neve mais rápido do que você imagina. Por isso, comece se planejando para saldar estas dívidas primeiro.  

Pesquise antes de comprar 

Antes de realizar uma compra ou fazer um empréstimo, aprenda a pesquisar. Com esta atitude simples, você tem a garantia de adquirir algo pelo melhor custo benefício e, claro, economiza. Dessa maneira, você não se enrolará a ponto de precisar sair do vermelho.  

Faça uma autoavaliação 

Se você está enrolado com dívidas ou já esteve, precisa se auto avaliar para não correr o risco de voltar para a mesma situação. Pare e pense em todas as escolhas que fizeram você chegar neste ponto. Caso seja necessário, anote tudo no papel para não esquecer. Afinal, sair do vermelho é um processo que demanda tempo e disciplina. E é garantido que você não quer passar por isso novamente! 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *