Dicas para o seu pequeno comércio não ficar no vermelho

Empreender não é uma tarefa fácil. Embora crises possam deixar sua empresa no vermelho, uma má gestão também pode trazer consequências, como a quebra da mesma. Para evitar que seu comércio chegue em um ponto crítico, iremos ensinar 5 estratégias valiosas para que seu pequeno comércio continue prosperando.

Saiba dividir pessoa física e jurídica

Um erro comum é não separar o caixa da empresa das despesas pessoais. O empreendedor que possui esse hábito não consegue calcular seus custos reais e consequentemente perde a noção das retiradas mensais.

Aqui vão duas dicas importantes para saber delimitar esse espaço: estabeleça seu pró-labore (o salário do sócio administrador da empresa) e abra uma conta para pessoa jurídica que seja diferente de sua conta de pessoa física.

Faça um planejamento tributário

Em outras palavras, faça um estudo com a finalidade de otimizar sua carga tributária. Verifique se sua empresa está no enquadramento correto. Ao alterar, você pode gerar uma economia anual relevante para o seu comércio, evitando que sua empresa quebre.

Com a carga de impostos otimizada, a empresa ganha mais segurança para investir na sua estrutura, possibilitando um maior desenvolvimento.

Acompanhe o fluxo de caixa

O empresário precisa ter o conhecimento de todas as entradas e saídas do caixa da empresa, pois realizando o acompanhamento é mais fácil identificar quais custos tem sido excessivos e realizar os cortes necessários.

Conheça seu negócio

Além das dicas acima, é importante entender a situação atual da sua empresa, o que levou a chegar neste cenário e qual é a perspectiva para o futuro, aplicando as mudanças necessárias. É preciso agir racionalmente para saber onde chegar sem levar seu pequeno comércio a falência – sendo gastando de mais, ou até mesmo gastando de menos.

Recorra a uma consultoria

Mesmo realizando esforços, talvez seja necessário uma ajuda profissional. Você pode recorrer a uma consultoria ou até mesmo aos serviços de apoio a pequenas empresas, como o Sebrae.

O empresário precisa estar atento a dinâmica do seu negócio para garantir a prosperidade de sua empresa. E você, já realizou algumas dessas práticas? Conte-nos pelos comentários!

You May Also Like

usar o fgts

Como fazer vendas a prazo sem prejudicar o fluxo de caixa do seu negócio

Organizar o fluxo de caixa da sua empresa

Reserva de emergência: Qual a importância para o micro-empreendedor?

Aplicativos que ajudam a gerenciar o seu negócio

8 estratégias para fazer uma empresa crescer gastando pouco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *